Acesse o GBL Jeans

Esqueci minha senha

Cadastro

Seleção de Idioma

Quarta-feira, 20 de Setembro de 2017

Espaço Talento

Redação - 20/10/2016

Anunciado vencedor do Moda Inclusiva

Eduardo Inácio Alves ficou com o primeiro e o segundo lugar da 8ª edição do concurso da Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo.

De forma inédita, a oitava edição do Concurso Moda Inclusiva premiou um concorrente pelo primeiro e segundo lugar. Estilista de Campo Grande (MS), instrutor técnico do Vestuário da Fatec Senai naquele estado e fundador da Cru Customização, Eduardo Inácio Alves, teve dois looks escolhidos para o desfile final do evento realizado pela Secretaria de Estado dos Direitos da Pessoa com Deficiência de São Paulo, no sábado, 15 de outubro, na capital paulista. O terceiro lugar coube ao concorrente iraniano Ali Enterazi, de Teerã.

Com esse concurso, a secretaria busca incentivar o desenvolvimento de roupas que proporcionem o mínimo de autonomia a pessoas com algum tipo de restrição física, facilitando o dia a dia. Alves venceu a disputa entre 18 finalistas com um look feminino batizado de Solar Power, composto de jaqueta preta produzida com o denim Marina, acrescida de ilhós para acomodar fones de ouvido e painéis solares para permitir recarregar a bateria de aparelhos portáteis. Todas as aberturas da peça são em zíper com argola nas laterais e capuz que pode ser embutido na gola. Acompanha camisa oversized fechada por botões de pressão no ombro, com cavas alongadas, e calça com cinto interno, além de pences nos joelhos A organização informa que todas as peças traziam leitor QR Code com áudio de descrição das funcionalidades e etiqueta em braile.



O look masculino de Alves, o Solar Energy, garantiu o segundo lugar. Tem jaqueta funcional trabalhada em patchwork, que uniu recortes do brim Sharon, de aspecto de couro, com retalhos de jeans, e forrada com denim Flick. É a segunda vez que Alves participa do Concurso Moda Inclusiva. Na edição do ano passado, ele foi o terceiro colocado. O iraniano Ali Enterazi ficou em terceiro lugar ao propor uma capa estilizada para prótese da perna esquerda, desfilada por sua modelo e mulher.

Além do estágio de um mês na Vicunha, Alves receberá 230 metros de tecido do fabricante de denim e sarja – 150 metros, pelo primeiro lugar, e mais 80 metros pelo segundo lugar. O terceiro colocado receberá 50 metros de tecido. Os três ganham máquina de costura; licença do software Audaces Ideia; entre outros itens.