Acesse o GBL Jeans

Esqueci minha senha

Cadastro

Seleção de Idioma

Quinta-feira, 24 de Agosto de 2017

Verão 2018

Jussara Maturo - 06/12/2016

Nicoletti faz expansão industrial em 2017

Novos teares devem entrar em operação no primeiro trimestre com vista ao aumento de produção.

Com o lançamento do verão 2017/2018, a Nicoletti Têxtil dá início ao ciclo de comemoração pelos 50 anos de fundação, que completará em novembro do próximo ano. A empresa de Americana, tradicional cidade têxtil do interior de São Paulo, reservou novidades para esse período. Uma das principais é a expansão industrial, com a entrada em operação de novos teares, prevista para o primeiro trimestre de 2017. Outra é a primeira participação em feira internacional, tendo escolhido a Colombiatex para estrear.

Fundada em 1967, a Nicoletti expandiu atuando em diferentes segmentos, como o de tecido para decoração, atendido até hoje com uma linha pequena. A especialização no mercado de jeans foi definida a partir de 2002, quando começou a bater denim, como mostra a Árvore do Jeans Brasileiro, publicada nas edições de 2012 e 2013 do Anuário GBLjeans.

Com a compra dos novos teares, a meta é expandir a produção industrial, possivelmente entre 10% e 15%. Segundo Sérgio Lisboa, técnico da área de desenvolvimento da empresa, o principal benefício dessa nova geração de teares será produzir bases elastizadas de maior largura que a atual (por exemplo, 1,30 metro, dependendo do alongamento). Os primeiros artigos elásticos mais largos podem chegar ao mercado até o final do primeiro semestre do ano que vem.

Mediante o plano de participar do mercado internacional, o fabricante de denim escolheu estrear na Colombiatex, em janeiro, a fim de sentir a temperatura. Para isso, aderiu ao programa Texbrasil, programa de incentivo à exportação da Apex-Brasil com a Abit (Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção).

NOVA COLEÇÃO
Para o verão 2018, a empresa anuncia 35 lançamentos – 16 artigos rígidos e 19 elastizados. Entre os rígidos, a Nicoletti introduziu misturas de fibras além das tradicionais de algodão com poliéster, como é o caso do Rinkai, que combina algodão e liocel, fibra que garante toque suave. Tem peso de 10oz, destinado sobretudo à confecção de calças.

Ainda como parte das bases rígidas, houve a ampliação do volume de produção da linha de camisaria. Também lançou mais artigos leves; novas opções de tingimento, com azul intenso, sky e black; e versões em jacquard, como o Dots, o Block e o Sized, todos de base 6oz, de algodão e poliéster.

No caso dos lançamentos dos elastizados, diferentemente das temporadas passadas, a prioridade do desenvolvimento desse verão foi o conforto e não o power. O mais elástico dos tecidos é o Pacco, uma base leve de 7oz com 45% de alongamento, que pode ser produzida em três tingimentos diferentes (Deep Blue, Sky e Black), conta Lisboa.

Foi ampliada ainda a linha de denim moletom, com dois novos artigos (Heron e Island) e novas cores para bases em linha; a linha de denim black, como o Monk em construção cetim, 40% de stretch e composição de 97% algodão e 3% de elastano; e a linha de sarjas, com adição de quatro produtos em branco, todos elastizados (Denim White, Kenny White, White Comfort e White Megapower).

GALERIA DE FOTOS

Ampliar
  • Foto 1
  • Foto 2
  • Foto 3
  • Foto 4