Acesse o GBL Jeans

Esqueci minha senha

Cadastro

Selecionar de Idioma

Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Produção Limpa

Redação - 04/01/2017

Wrangler economizou 3 bilhões de litros de água

A economia resultou de uma série de iniciativas implementadas desde 2007, sendo que a meta até 2020 é reduzir ainda mais o consumo, cortando o mesmo volume.

Uma das maiores marcas de jeans do mundo, a Wrangler anunciou que em uma década conseguiu economizar 3 bilhões de litros de água no processo produtivo de itens confeccionados em denim, basicamente calças. A nova meta da marca controlada pela VF Corporation é cortar mais 2,5 bilhões de litros de água nos próximos quatro anos, chegando em 2020 totalizando redução de 5,5 bilhões de litros de água, informa a Wrangler a partir do novo hotsite que desenvolveu para divulgar iniciativas de desenvolvimento sustentável que adotou.



Em comunicado ao mercado, a empresa explica que a redução no consumo de água envolveu a implantação de processos melhorados de lavagem, combinada ao aumento da quantidade de água reciclada empregada nas diferente plantas de produção industrial que controla. Deu como exemplo a fábrica de Torreon, no norte do México, que alcançou taxa de 45% de reúso de água por meio da combinação de processos de filtração e tratamento biológico dos efluentes. A intenção é investir em mais tecnologia para chegar a 75% de reciclagem de água até 2018.

MAIS ALGODÃO CERTIFICADO
As iniciativas envolvem ainda o uso de algodão certificado, de produtores ligados à BCI. Em 2014, a Wrangler comprava 700 toneladas de algodão certificado. Mais que dobrou esse volume em 2015, atingindo o consumo de 1,5 mil toneladas, suficientes para confeccionar 5 milhões de calças jeans, afirma a empresa. Para incentivar a produção sustentável de algodão, a empresa apoia alguns projetos, como o de pequenos agricultores da província chinesa de Hebei, uma das principais áreas produtoras de algodão da China. Nesse caso, colabora com a ONG Solidaridad, que promove formas de cultivo que reduzem o uso de pesticidas, fertilizantes e água, enquanto preservam as necessidades de desenvolvimento da comunidade. A Wrangler também iniciou este ano um projeto piloto de algodão sustentável com cerca de 20 produtores de algodão da Carolina do Norte.

PRODUTOS QUÍMICOS DE NOVA GERAÇÃO
As ações contam também com uma vertente para suprimir produtos químicos que possam afetar a saúde de consumidores e trabalhadores, além do meio ambiente. Apoiada no programa Chem-Iq, que lançou em 2014, a Wrangler espera ter até o final de 2017 eliminado completamente o uso de substâncias tóxicas ou nocivas por sua cadeia de produção, que inclui fornecedores externos.