Acesse o GBL Jeans

Esqueci minha senha

Cadastro

Seleção de Idioma

Segunda-feira, 23 de Outubro de 2017

Produção Limpa

Ana Luiza Mahlmeister - 01/03/2017

DaTerra inicia fornecimento para marcas de roupas

Tecido feito de ourelas de jeans foi usado em coleção desenvolvida por aluna da Faculdade de Moda de Santa Cruz de Capibaribe, de Pernambuco.

Depois de fornecer tecidos retrabalhados a partir de ourelas de jeans para empresas calçadistas e de acessórios, a DaTerra está chamando a atenção de marcas de roupas de Rio de Janeiro e São Paulo. O primeiro teste foi o lançamento de uma coleção com a designer Livia Cristina Chagas, da Faculdade de Moda de Santa Cuz de Capibaribe, cidade do Agreste pernambucano. Ela desenvolveu uma linha de roupas como trabalho de final de curso a partir desse material.

“Até hoje nosso foco foram as bolsas, calçados e brindes e agora estamos recebendo diversas consultas para peças de vestuário”, explica a proprietária da DaTerra, Adjane Maria Alves de Souza. A empresa enviou amostras para 15 empresas, principalmente de marcas veganas, que não usam produtos de origem animal.

A coleção da designer Livia Chagas usou três tipos de tramas da DaTerra: mãos que tecem, zigzag de trama e overlocado colorido. Para que os tecidos sejam mais adequados ao vestuário, Adjane está trabalhando com uma lavanderia da cidade vizinha de Toritama (PE) para amaciar o produto e deixá-lo pronto para a recoloração.

A DaTerra, localizada em Riacho das Almas, outro município do mesmo cinturão têxtil, emprega 16 pessoas e reutiliza ourelas de jeans descartadas de duas fábricas da região. São usados mensalmente, segundo Adjane, duas toneladas de tecidos descartados que iriam para o lixo.

GALERIA DE FOTOS

Ampliar
  • Foto 1
  • Foto 2
  • Foto 3
  • Foto 4