Acesse o GBL Jeans

Esqueci minha senha

Cadastro

Seleção de Idioma

Quinta-feira, 29 de Junho de 2017

Gestão

Ana Luiza Mahlmeister - 27/03/2017

Senac Moda Informação inova em forma e conteúdo

Alicerce do evento marcado para essa terça-feira, 28 de março, serão debates sobre processo criativo, comportamento, cultura e negócios, e não mais vinculado a estações.

Novas tecnologias e mudanças nos modelos de negócio da moda fizeram esta edição do Senac Moda Informação 2017 atualizar seu formato. Agora o evento, que será realizado amanhã, 28 de março, das 8h30 às 16 horas, no Galpão Vídeo Brasil, na capital paulista, não mais estará vinculado às tendências de estações específicas, mas aos principais lançamentos da indústria da moda, seu processo criativo, qualidade e conceito do produto. “Como instituto educacional formador na área de moda, repensamos conteúdos para dar conta das mudanças que o setor está vivendo”, afirma Nathalia dos Anjos, coordenadora do evento.

O Moda Informação, que recebe em média 400 pessoas a cada apresentação, é realizado há 24 anos, sendo que esta é a 49ª edição. As mudanças refletem pesquisa realizada pela equipe do Senac durante o ano passado, com o público tradicional do evento e novos participantes de dois previews, que ampliou o público para profissionais de marketing, comunicação e vendas, além do segmento de desenvolvimento de produto, estilistas e compradores. “A idéia é ampliar o conteúdo e atrair outros departamentos da indústria da moda, sem deixar de atender aqueles que sempre participaram do evento”, afirma Nathalia. Esta edição vai propor reflexões voltadas à cultura, comportamento e negócios, além do tradicional conteúdo técnico de produto.



O Brasil, como o resto do mundo, não tem mais estações marcadas e lançamentos de moda com esse calendário estão caindo em desuso, ressalta a coordenadora. “Temos calor durante todo o ano nas diversas regiões e não fazia mais sentido limitar a informação a essas tendências”, explica.

Com o tema Cultura Urbana e Estéticas da Periferia, o Senac Moda Informação 2017 terá início com as informações técnicas sobre tendências e desenvolvimento de coleção, apresentadas pela consultora Luciana Parisi, que faz a leitura da pesquisa global aplicada à realidade local. Ainda pela manhã, Evilásio Miranda, diretor da América Latina no birô francês NellyRodi, abordará Macrotends Comportamento.

Após o intervalo, o engenheiro têxtil Flávio Bruno, autor do livro Quarta Revolução Industrial no Setor Têxtil e de Confecção, comanda um bate-papo sobre o assunto. Em seguida, Herman Bessler, cofundador da Malha, fala sobre o futuro da moda e os novos modelos à vista. Na Arena Denim, Augustina Comas, Maurício Lobo e a diretora do portal GBLjeans, Jussara Maturo, colocarão em pauta inovação, branding e upcycling.

As novas tecnologias têm destaque no evento. Para tratar de novos tecidos, fios e estampas, vai funcionar a Galeria de Sensações que contará com projeções especiais e sensores de movimento para se ligar de forma mais interativa aos participantes. A instalação foi concebida pela artista visual paraense Roberta Carvalho, conhecida por suas esculturas de luz em movimento, e o estúdio Rizomatique. Em paralelo, também terá a oficina de customização Sneaker Culture, comandada pela Vans.

O evento em novo formato termina com o debate reunindo a filósofa política Djamila Ribeiro, o produtor Augusto Mariotti e as irmãs Tracie e Tasha Okereke, do blog Expensive Shit, em torno da Resenha movimento sociais na moda: Estéticas da Periferia.