Acesse o GBL Jeans

Esqueci minha senha

Cadastro

Seleção de Idioma

Sexta-feira, 18 de Agosto de 2017

Varejo

Jussara Maturo - 11/04/2017

Replay retorna ao Brasil com produção local

Jeans da marca italiana será produzido por pelo menos cinco fornecedores PL no país, conta ao GBLjeans a empresa criada por Alexandre Brett e Luiz Vaiano, da Canal Concept.

Depois de quase dez anos fora do mercado brasileiro, a italiana Replay retorna ao país com nova estratégia. Vai disputar o mercado de marcas premium, mas não de luxo. As calças jeans da grife vão custar entre R$ 300,00 e R$ 600,00 para o consumidor, preço equivalente ao de marcas nacionais de primeira linha. Para isso o modelo inclui manter produção local para boa parte dos itens vendidos, nos quais o jeans é o carro-chefe. Serão cinco fornecedores locais de PL, conta ao GBLjeans, Luiz Vaiano, sócio de Alexandre Brett na empreitada e fundador e executivo à frente da Canal Concept.

Brett será o CEO da empresa montada para gerenciar a Replay no Brasil, tanto no varejo quanto no atacado. “Eu acompanho a Replay há muito tempo e eles estão numa onda muito boa na Europa”, explica Vaiano, que assinou o contrato com os italianos no ano passado. No início de 2017, a fim de mostrar a recuperação depois de percalços financeiros, a Replay desfilou coleção na Pitti Uomo pela primeira vez, em Florença, na Itália. A situação da empresa começou a mudar há cerca de um ano quando vendeu 30% do capital à chinesa Belle International, com larga experiência no varejo de materiais esportivos.

Desde então prosperaram os investimentos em expansão internacional e os negócios com os brasileiros fazem parte dessa nova fase. Para marcar o desembarque no Brasil, a Replay inaugurou loja na cidade de São Paulo na rua Oscar Freire, equina com a rua Haddock Lobo, em frente a uma das maiores lojas da rede Riachuelo, vendendo a coleção de inverno, totalmente importada, explica Vaiano. A inauguração na quinta-feira, 6 de abril, contou com a presença de Matteo Sinigaglia, presidente e CEO da Fashion Box, dona da marca Replay há uma década.

TAMANHO DAS COLEÇÕES FLEX
Com o térreo dedicado ao varejo, o segundo andar da loja acomoda o showroom para atender multimarcas que a partir desta semana poderão conhecer a coleção de verão, já com itens produzidos no Brasil. “As coleções serão flex, com produtos importados e outros fabricados no Brasil”, explica o executivo. A avaliação é de que o inverno concentrará mais importados por causa dos itens pesados, como jaquetas e suéteres de lã. “Camisetas, camisas, pólos, calças, shorts e bermudas em denim, o Brasil pode atender”, diz Vaiano, acrescentando que contará com assistência técnica dos italianos na concepção dos produtos, especialmente para efeitos de lavanderia no jeans.

A primeira coleção de inverno tem em torno de 700 itens. “No verão serão mil skus”, estima Vaiano, quando espera vender 160 mil peças produzidas localmente.

Além de roupas, a marca comercializará acessórios e calçados para homens e mulheres, incluindo ainda uma linha infantil, a ser lançada.

EXPANSÃO PREVISTA
Sem falar em valor do investimento total realizado, Vaiano conta que a segunda loja de varejo está prevista para ser inaugurada em agosto, no shopping JK Iguatemi, outro endereço de comércio de luxo na cidade de São Paulo. Os próximos passos para o varejo serão dados a partir de 2018. “Planejamos ter 35 lojas no Brasil em cinco anos”, informa Vaiano.

Para a operação de atacado, a Replay contará com 11 representantes comerciais, que deverão trabalhar com uma carteira de 400 multimarcas. “São lojas que vendem marcas importantes, mas, nas quais jeans premium estava faltando. Ou quando tem são muito caros”, avalia o empresário. Com o canal de atacado o trabalho começa este mês, tendo entregas programadas a partir de julho.

TAMANHO DA MARCA
A Replay foi criada em 1978 pelo italiano Claudio Buziol e hoje tem entre seus embaixadores os brasileiros Neymar Jr e Alessandra Ambrósio. A produção até o momento é toda feita na região de Treviso, girando em torno de 6 milhões de peças confeccionadas por ano. O faturamento em 2016 alcançou cerca de 200 milhões de euros, dos quais praticamente 80% negociados na Europa.

Atualmente, a Replay conta com 200 lojas próprias e 3 mil multimarcas em 50 países. Na América Latina, além de Brasil, é vendida no Chile, com planos para atuar na Argentina, no Uruguai, no Paraguai e na Colômbia. 

GALERIA DE FOTOS

Ampliar
  • Foto 1
  • Foto 2
  • Foto 3
  • Foto 4
  • Foto 5
  • Foto 6
  • Foto 7
  • Foto 8
  • Foto 9
  • Foto 10
  • Foto 11
  • Foto 12
  • Foto 13