Acesse o GBL Jeans

Esqueci minha senha

Cadastro

Seleção de Idioma

Terça-feira, 23 de Maio de 2017

Economia

Jussara Maturo - 13/04/2017

Abit faz documentário de seus 60 anos

Vídeo de quase uma hora de duração integra as ações de aniversário ao longo de 2017, incluindo selo especial encomendado aos Correios.

A sexagenária Abit (Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção) adotou tom moderno para iniciar o ciclo de comemoração do aniversário em 2017. Produziu um documentário de quase uma hora de projeção, destacando os 60 anos de fundação da entidade do ponto de vista da atualidade. Ouviu e registrou depoimentos de empresários que trataram de assuntos caros à indústria do setor, como a origem atrelada aos imigrantes; a grande participação feminina, como tecelãs e costureiras e no comando de empresas; o delicado processo de sucessão em companhias majoritariamente de administração familiar; estilistas contemporâneos; profissionais à frente de importantes eventos de moda; e o futuro, passando pelo uso de nanotecnologia e práticas sustentáveis na produção.



Ao todo, a equipe ouviu 46 pessoas, visitou 18 cidades em nove estados, usou drones para o registro de tomadas externas, reunindo 200 horas de material audiovisual, conta a entidade. A versão final do filme assinado por Guilherme Tensol tem seis blocos. Essa divisão é intencional, pois, o plano é veicular um bloco por vez, de cinco a sete minutos cada um, pela internet. “Não descartamos criar uma série para levar a cadeia de produção para o Brasil e para o mundo. Somos uma indústria relevante e muito capilarizada, que representa apenas de 2,5% a 3% da produção mundial”, diz Fernando Pimentel, presidente da Abit, eleito para o triênio 2017/18/19.

As ações iniciais para celebrar os 60 anos da entidade, incluíram selo comemorativo que traz impressa a fachada da Casa Abit, emitido pelos Correios para uso comercial. O lançamento do documentário foi apresentado ao setor na festa de posse da nova diretoria da entidade na noite de terça-feira, na sede da Fiesp (Federação das Indústrias do Estado de São Paulo).