Acesse o GBL Jeans

Esqueci minha senha

Cadastro

Seleção de Idioma

Segunda-feira, 20 de Novembro de 2017

Canal Digital

Ana Luiza Mahlmeister - 04/07/2017

Lavanderia Santo André automatiza produção

A integração das máquinas de lavar padronizou os procedimentos, resultando em economia de 40% de água por mês e diminuiu em 30% os ciclos de produção.

Para ter mais controle e padronização da produção, a Lavanderia Santo André, do Rio Grande do Norte, implantou um sistema de automação em 20 máquinas de lavar, permitindo consolidar informações sobre processos e custos. Das 23 lavadoras, apenas três, usadas para testes e desenvolvimentos, não estão integradas ao sistema de gestão, ressalta o gerente industrial da empresa, Juci Nunes.

O software Gestum, da Multitherm, implantado no ano passado, permite que a Santo André acompanhe cada lote processado entre as cerca de 500 mil peças trabalhadas mensalmente na lavanderia, afirma Nunes. “A automação diminui erros humanos e padroniza os procedimentos, resultando em uma economia de 40% de água por mês”, diz ele. A quantidade de água, tempo de enxágue e temperatura são variáveis controladas pelo sistema conforme a programação dos lotes.



As informações sobre cada lote permitem ao gestor corrigir o que deu errado e sobre as interferências no processo, diminuindo em 30% os ciclos de produção. “É possível saber o índice de reprocessamento e o custo dessa operação que antes não era possível aferir”, aponta Nunes. Com isso também foi possível diminuir o consumo de produtos químicos e vapor. A lavanderia reúsa 60% da água empregada na produção.

Para o beneficiamento das peças jeans conta com quatro máquinas de marcação a laser, equipamento de bigode 3D e está trocando uma máquina de ozônio por outra com maior potência. A Santo André, localizada em Macaíba, na Grande Natal (RN), tem capacidade de processar até 1 milhão de peças e atende hoje dez clientes. “Esperamos ampliar o processamento no segundo semestre, quando as marcas se preparam para atender os pedidos do Dia dos Pais e Natal”, afirma Nunes.