Acesse o GBL Jeans

Esqueci minha senha

Cadastro

Seleção de Idioma

Segunda-feira, 20 de Novembro de 2017

Economia

Jussara Maturo - 31/08/2017

Preço de roupas recua no atacado

Em julho, o custo de vestuário caiu pelo segundo mês seguido, mesmo diante dos aumentos aplicados sobre os produtos têxteis.

Índice que mede a evolução dos preços dos produtos na porta de fábrica, sem impostos e fretes, o IPP de julho mostra que o custo do vestuário para o atacado caiu pelo segundo mês consecutivo, embora em ritmo mais lento que o registrado em junho. Com recuo de 0,37%, em julho, as confecções de roupas acompanharam a maioria das atividades industriais que seguraram os preços.

A queda geral foi de 0,99%, em relação a junho. Dos 24 ramos acompanhados pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) para essa pesquisa, apenas seis tiveram alta de preço. A indústria de produtos têxteis está entre elas, com pequena alta de 0,04%, na passagem para julho.

A comparação com julho de 2016 mostra que a indústria do vestuário está entre as atividades que mais derrubaram o preço no atacado, com redução de 3,81%. Já produtos têxteis tiveram alta de 2,37%, bem acima do IPP geral, de 0,79%.