Acesse o GBL Jeans

Esqueci minha senha

Cadastro

Selecionar de Idioma

Domingo, 17 de Dezembro de 2017

Internacional

Redação - 27/09/2017

Valor da Zara aumenta 11%

Varejista espanhola de roupas sobe posições e encosta na H&M que se desvalorizou, de acordo com a edição 2017 do Best Brands, ranking criado pela consultoria Interbrand.

A H&M continua como a marca de roupas mais valiosa do mundo, de acordo com a edição 2017 do Best Brands, ranking criado pela consultoria Interbrand há 18 anos. Mas seu valor de mercado caiu 10% em relação ao ano passado, deixando a varejista sueca avaliada em US$ 20,48 bilhões. A depreciação custou posições. Na lista global das cem maiores de 2016, a H&M ocupava o 20º lugar, e na deste ano caiu para a 23ª posição.

Ficou apenas uma colocação acima da Zara, concorrente espanhola na categoria e a outra única empresa de roupas a estar entre as mais valiosas do mundo pelos critérios da Interbrand. A rede da Espanha conquistou o 24º lugar depois de valorizar 11% de um ano para o outro. Em 2016, com a forte apreciação de mercado a Zara se estabeleceu na 27ª posição do ranking.

Valor da Zara aumenta 11%

A Ralph Lauren que figurava entre as marcas mais bem cotadas do mundo até o ano passado, foi perdendo valor e saiu do ranking na edição de 2017.

No levantamento geral, Apple e Google continuam sendo as duas marcas mais valiosas. A primeira avaliada em US$ 184,15 bilhões, 3% a mais que no ranking anterior e a segunda estimada em US$ 141,7 bilhões, apreciada em 6%. A mudança foi no terceiro lugar assumido pela Microsoft, cujo valor subiu 10%, para US$ 79,99 bilhões, substituindo a Coca Cola, que com valor de US$ 69,73 bilhões, queda de 5%, desceu para o quarto lugar.