Acesse o GBL Jeans

Esqueci minha senha

Cadastro

Seleção de Idioma

Segunda-feira, 20 de Novembro de 2017

Economia

Jussara Maturo - 01/11/2017

Produção volta a variar em setembro

Ritmo industrial das confecções aumenta em comparação a agosto, ao passo que fabricantes de itens têxteis limitam as atividades

A produção brasileira de itens de vestuário cresceu em setembro quando comparada ao mês anterior, prosseguindo com o sobe-e-desce que vem caracterizando o desempenho do segmento ao longo do ano. De acordo com a Pesquisa Industrial Mensal – Produção Física, divulgada no início desta manhã de quarta-feira, 1º de novembro, pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o avanço em setembro foi de 0,9%, taxa de expansão acima da média nacional de crescimento de 0,2%, sustentada por oito setores da indústria local.

Segundo análise da pesquisa, a produção de vestuário subiu impulsionada por peças em malha, sobretudo para mulheres e uma parte para crianças, além de calças masculinas e uniformes profissionais. A indústria de itens têxteis que manteve em alta o ritmo produtivo até agosto encerrou setembro em queda de 1,2%, compondo as atividades com desempenho negativo no mês.

Já sobre setembro de 2016 os indicadores continuam positivos, mostra o levantamento do IBGE. A indústria como um todo avançou 2,6%. O crescimento da produção dos setores têxtil e de vestuário foi menor. A indústria têxtil subiu 1,8% e a de vestuário evoluiu 1,5% de um ano para o outro.