Acesse o GBL Jeans

Esqueci minha senha

Cadastro

Selecionar de Idioma

Sábado, 21 de Abril de 2018

Internacional

Redação - 15/01/2018

Quicksilver adquire a Billabong

Grupo norte-americano Boardriders, de moda para esportes de ação ao ar livre, fechou acordo para comprar a concorrente australiana por US$ 115 milhões

A norte-americana Boardriders, dona das marcas Quicksilver e Roxy, firmou um acordo para comprar a rival australiana Billabong por US$ 115 milhões. De acordo com o comunicado do grupo, a negociação foi consolidada pela empresa de investimentos Oaktree, que controla a Boardriders e foi responsável pela recuperação financeira da marca Quicksilver em 2013. Com a fusão das operações da Quicksilver e da Billabong criará a maior empresa de esportes de ação do mundo, com mais de 7.000 clientes atacadistas em mais de 110 países, proprietária de recursos de e-commerce em 35 países e com mais de 630 lojas em 28 países, destaca a holding. E reforçará o portfólio de marcas com RVCA, Element, VonZipper e Xcel.



O grupo aposta na redução de custos e no aumento das vendas para elevar a receita da Billabong, cuja marca é reconhecida mas passa por dificuldades financeiras. A Boardriders vai pagar um dólar australiano por cada ação da Billabong, com uma valorização de 28% do papel em relação ao preço do dia 30 de novembro de 2017, no início da negociação. Para ser concluída, a operação depende de aprovação dos acionistas, da Justiça e dos órgãos reguladores. A previsão é estar finalizada ainda no primeiro semestre de 2018.

Segundo o grupo Boardriders, a compra vai complementar o portfólio de marcas, permitirá mais parcerias com fornecedores e corte de custos. A operação deve ser concluída no primeiro semestre deste ano e está sujeita à aprovação dos reguladores. A nova empresa será liderada pelo diretor da Oakley, Dave Tanner.