Acesse o GBL Jeans

Esqueci minha senha

Cadastro

Selecionar de Idioma

Sábado, 21 de Abril de 2018

Lançamentos

Jussara Maturo - 24/01/2018

Levi’s anuncia verão 2019 para parceiros

Evento reuniu representantes das lojas brasileiras para mostrar a coleção que começa a ser entregue a partir de julho, em três entradas, incluindo o alto verão, que a marca não tinha no país

Para mostrar a coleção spring/summer 2018-19 para o atacado, a Levi’s Brasil realizou um evento esta semana em que destacou a boa fase da subsidiária brasileira, que manteve a média de expansão de 12% ao ano de 2013 a 2017, com a expectativa de sustentar o crescimento de dois dígitos também em 2018, quando espera as vendas subam 13%, prevê Rui Araújo Silva, diretor da empresa no país. O lançamento incluiu o anúncio de que a marca passará a ter coleção de alto verão.

Batizada de Levi’s Social Club, a nova coleção terá três fases de liberação para o mercado brasileiro. A primeira parte será entregue aos lojistas entre julho e agosto. A segunda fase está com delivery programado para setembro e outubro, enquanto a terceira etapa, que inclui o alto verão, tem previsão de entrega entre novembro e dezembro. Para a primavera e o verão, a marca usou referências da cultura pop da década de 1980 e elementos da moda encontrada na década de 1990.

Para as mulheres, o destaque são o modelo mom jeans, a cintura alta, o lançamento da calça 724 com corte de pernas retas, o brilho, os bordados, o uso de big logo, estampas em xadrez e florais. O principal fit trabalhado para os homens no verão será o taper para os homens, aplicado nos modelos 501, 502, 512 e 541.

A centenária marca tem se esforçado para conquistar as novas gerações. Os primeiros nove meses do ano fiscal que se encerrou em agosto mostram que as vendas aumentaram 7% sobre igual período de 2016, gerando receita líquida de US$ 1,26 bilhão. Aos analistas, a Levi’s atribuiu o desempenho sobretudo à forte expansão verificada na Europa. Em apresentação no evento brasileiro, Haluk Aksoy, diretor da Levi’s para América Latina, disse que a região tem uma fatia ainda pequena do faturamento da empresa, mas, que vem crescendo (10% nos últimos dois anos), e o Brasil é um dos motores.

Araújo Silva informa que o país conta hoje com 77 lojas de varejo da marca, incluindo o formato outlet, franquias e unidades próprias. São 11 a mais do que tinha em 2016, e uma a menos do que esperava encerrar o ano. O diretor da subsidiária local afirma que uma das principais estratégia para ganhar participação no mercado brasileiro é voltar a ter produção local, iniciativa acionada a partir do segundo semestre de 2017.

Outra é a expansão da marca no varejo através da abertura de lojas monomarcas e ampliação do canal multimarcas. Atualmente, a Levi’s trabalha com cerca de mil revendas e Araújo Silva considera que haja um universo de outras 6 mil multimarcas em condições de comercializar as coleções da marca.

GALERIA DE FOTOS

Ampliar
  • Foto 1
  • Foto 2
  • Foto 3
  • Foto 4
  • Foto 5
  • Foto 6