Acesse o GBL Jeans

Esqueci minha senha

Cadastro

Selecionar de Idioma

Sábado, 24 de Fevereiro de 2018

Economia

Jussara Maturo - 02/02/2018

Produção têxtil e de roupas cresce em dezembro

Atividades acompanharam a alta registrada pela indústria brasileira em geral em mês no qual apenas quatro ramos tiveram variação negativa

Em dezembro, a indústria têxtil e as confecções de vestuário voltaram a produzir mais, na comparação com novembro, que foi um mês bem ruim para as empresas dos dois setores. Os fabricantes de produtos têxteis tiveram variação positiva de 3,7%, bem acima da média geral da indústria que assinalou aumento de 2,8% em dezembro. Depois da forte queda enfrentada em novembro, as confecções expandiram os volumes produzidos ao longo de dezembro em 2,4%, revelam os dados da Pesquisa Industrial de Produção Física, realizada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

De modo geral, o mês foi bom para a produção industrial. Segundo o IBGE, apenas quatro atividades reduziram o ritmo, das 24 acompanhadas pela pesquisa. “O avanço verificado nesse mês foi o mais intenso desde junho de 2013 (3,5%)”, destaca o relatório que acompanha a divulgação dos resultados do levantamento mensal.

SOBRE DEZEMBRO DE 2016
Já em relação a igual mês de 2016 o comportamento dos diferentes ramos industriais não foi uniforme. A indústria em geral aumentou a atividade, com expansão de 4,3%, e variação positiva na maioria dos segmentos. O crescimento da produção têxtil foi bem superior à média, anotando crescimento de 11,9%, aponta a pesquisa do IBGE. Em compensação, as confecções de roupas representaram o ramo de maior queda na produção em dezembro de 2017, no confronto com o mesmo mês do ano anterior. Caiu 15,5%.